São Paulo sai da zona de rebaixamento!

Dez títulos nacionais, ídolos como Juninho Pernambucano e Rogério Ceni em campo e uma dramática luta contra o rebaixamento, em São Januário. Em um confronto de gigantes enfraquecidos e ameaçados, só o São Paulo vai poder respirar aliviado após a 21ª rodada. Esqueça o brilhantismo de clubes que até já decidiram o Brasileirão. No jogo deste domingo, pesou a eficiência dos times de Muricy Ramalho para o Tricolor vencer por 2 a 0 e trocar de posição com  o Vasco no grupo dos quatro piores do Brasileirão.

Nem Jadson, Ganso ou Luis Fabiano. O triunfo começou com um garoto de 20 anos que não tem a fama das estrelas, mas vem mostrando muita eficiência. Rodrigo Caio, curinga capaz de se adaptar a todas as posições da defesa, acertou uma cabeçada de atacante para marcar e causar inveja a um rival que completou três rodadas sem balançar a rede. No momento em que o Vasco mais pressionava no segundo tempo, o goleiro Diogo SIlva cometeu uma falha grotesca ao tentar socar a bola na área. Antônio Carlos recebeu o presente e fechou o placar.

A segunda vitória seguida do Tricolor desde a saída de Paulo Autuori e a chegada de Muricy deixa os clubes empatados com 24 pontos. O São Paulo sobe para o 16º lugar e sai da zona do rebaixamento depois de 12 rodadas. A diferença dos times está no saldo de gols: menos dois contra sete negativos. O Vasco cai para 17º e se transforma no novo integrante do grupo dos quatro piores.

Além do mau momento do ataque, o Gigante da Colina acumula uma série ruim de resultados que o deixa à beira da crise e do temor de voltar à Série B na próxima temporada. O time conquistou apenas uma vitória nos últimos oito jogos e vê a pressão sobre o técnico Dorival Júnior crescer.

Na próxima rodada, os dois times voltam a enfrentar equipes que estão na metade de baixo da tabela. O Vasco recebe o Vitória, quarta-feira, às 19h30m, em São Januário. O São Paulo encara o Atlético-MG, no mesmo dia, às 21h50m, no Morumbi.

Uma ideia sobre “São Paulo sai da zona de rebaixamento!

Deixe uma resposta para Felipe Junqueira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>